quinta-feira, 12 de maio de 2011

Parece que foi ontem...

:)

Era uma noite fria. Em um lugar quente. Eu, vestido roxo curtinho e salto. Ele, camisa de banda, jeans e all star. O horário, 00h10min. Pra uns já era dia 17, pra outros, 16. Mas nós somos aquele tipinho que considera o próximo dia, quando é meia-noite e um. A música, Ela Vai Passar - Papas da Língua. Propício? Nem um pouco... Mas foi ali. O diálogo?
Eu: Eca, to toda errada...
Ele: Nem tá nada. Tá linda.
Eu: Dá onde? To toda suada, toda bagunçada...
Ele: É sério, tu tá linda...
Eu: *olhar de deboche*
Ele: Quer uma prova do quanto tu tá linda?
Eu: Quero... *fazendo biquinho para receber um beijo*
Ele, no meu ouvido: Quer namorar comigo? 
Eu: *cara de susto* Q-que-quero!
*BEIJO*

E foi, mais ou menos assim. O guri que dizia que não queria namorar mais tão cedo, mas que ao mesmo tempo falava que já estava apaixonado. A guria que dizia que não queria namorar mais tão cedo, mas que não parava de pensar na mais velha nova paixão. 

 
Então, dia 17 eu e o Yuri fazemos 3 anos de namoro... Bastante? Não sei. Só sei que parece ontem que ficávamos de beijos e mãos dadas escondidos de todo mundo. Sim. Éramos assim, escondidos, amigos do crime, andando nas escuras, na calada na noite, no último andar do bloco daquele condomínio, sempre na madrugada, como gatos espiados de tudo e todos.
Até que enfim, ENFIM, o mundo descobriu e podemos, sem culpa, andar de mãos dadas e beijar DE LINGUA E TUDO na frente de quem quer que seja. E ponto.
Mudar o estado civil no orkut (na época o facebook não era pop aqui), foto de casalzinho no perfil, etc e tal.

Até chegar no que somos hoje: um casal 20 que mora junto há quase 2 anos, sem filhos, com um cachorro, uma casa pra limpar, móveis pra comprar, roupas pra guardar, contas à pagar e uma imensa vontade de ficar junto. Acordar no sábado de manhã e ter aquela sensação de não precisar se arrumar para ir ao trabalho, que aquele dia e o próximo são NOSSOS. Somente. É isso que vale a pena. O beijo amanhecido, o abraço apertado, a dancinha no meio da sala, o agarramento na cozinha, e o dormir de conchinha, assim, debaixo dos edredons... isso é ser feliz ~

3 comentários:

  1. Parabéns Ani. Lindo Blog e intensas palavras.
    Que assim seja sempre!

    Bjs.
    Kelen Marques

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, flor :) Volte sempre! :**

    ResponderExcluir
  3. que amor. sei bem como é; tô morando com o respectivo há três anos também, mais de seis anos juntos.

    parabéns pra vocês! <3

    :*

    ResponderExcluir

LinkWhitin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...